Skip Ribbon Commands
Skip to main content

Ciclo de Vida da Embalagem

Matéria-prima
O papel utilizado nas embalagens da Tetra Pak® vem exclusivamente de florestas certificadas e controladas pelo FSC®. Já os fornecedores de polietileno e de alumínio são certificados pela ISO 140001.

Transporte
Todo o processo de transporte de matérias-primas é planejado para minimizar o consumo de combustíveis e a poluição. Em Ponta Grossa (PR), as bobinas de papel chegam do fornecedor por via férrea. 

Fabricação e Envase
Cada etapa da confecção das embalagens é estruturada por metas, procedimentos e instruções que diminuem os impactos ambientais. Todos os processos produtivos empregam tecnologia de ponta para acondicionar o alimento de forma asséptica e segura.  

Consumo
A embalagem longa vida garante a segurança e a qualidade nutricional dos alimentos que serão consumidos, além de não necessitar de refrigeração nos pontos de vendas. A diversidade de formatos também oferece conforto ao consumidor. 

Coleta Seletiva
Após o consumo, as embalagens seguem para a coleta seletiva. A Tetra Pak investe em diversas ações de conscientização para a reciclagem e oferece apoio técnico a prefeituras e cooperativas de catadores. Nos centros de triagem, os diferentes tipos de materiais recicláveis são separados, compactados em fardos e enviados para a indústria recicladora.

Reciclagem
Nas fábricas de papel, um equipamento chamado hidrapulper agita as embalagens com água, hidratando as fibras de celuloses e separando-as do polietileno e do alumínio. As fibras de papel recicladas podem se transformar em caixas de papelão, tubetes, chapas, palmilhas, produtos em polpa moldada, entre outros.

O polietileno e o alumínio separados na indústria de papel são destinados à fabricação de placas e telhas para a construção civil. Outra alternativa é a extrusão e granulação desse material para a confecção de inúmeras pelas, como canetas, vassouras etc. O polietileno e o alumínio também podem ser submetidos à separação térmica. Com essa tecnologia, o polietileno é transformado em parafina, usado como combustível ou aditivo em lubrificantes e detergentes. Já o alumínio é recuperado na forma de pó ou lingotes de alta pureza, retornando para a indústria de fundição. 

Confira a última campanha sobre o Ciclo de Vida da Embalagem.