Brasil

​​Empresas se unem para ampliar apoio aos catadores de materiais recicláveis​

Tetra Pak e Klabin formam uma Corrente do Bem para manter auxílio por meio de causa disponível no aplicativo de impacto social Ribon

 
São Paulo, 26 de junho de 2020 - Os catadores de materiais recicláveis, importante elo da sociedade e responsáveis por 90% do resíduo reciclado no Brasil (dado Ipea), têm passado por dificuldades. Para cumprirem com o distanciamento social como medida de proteção à disseminação da Covid-19, não conseguem garantir a renda mensal para o sustento próprio e de suas famílias. Como inciativa de apoio a esses trabalhadores, a Tetra Pak realizou, durante o último mês, campanha junto à startup Ribon para direcionar auxílio a catadores autônomos de materiais recicláveis assistidos pela ONG Pimp My Carroça, que organiza o apoio para catadores cadastrados no aplicativo Cataki.

Pensando que a colaboração é o caminho para minimizar esse impacto e ampliar as iniciativas, a Tetra Pak e a Klabin iniciaram uma Corrente do Bem. Neste cenário, a Klabin tornará viável a manutenção da causa dentro do aplicativo e o apoio para 250 catadores por mais um mês. 

O engajamento dos usuários no aplicativo (https://home.ribon.io/​) é muito intuitivo. Basta ler as diferentes histórias positivas para receber as moedas virtuais - também chamadas de ribons - e direcioná-las para doações a causas como a que está focada no apoio aos catadores. O objetivo é conectar as pessoas a causas de impacto social.