​Parcerias aceleram desenvolvimento e lançamento de produtos na indústria de alimentos e bebida​​s​

Em parceria com a Tetra Pak, fabricantes trazem para o mercado brasileiro nova maneira de consumir café e ajudam a desenvolver diferentes nichos na indústria​

Palavra-chave no mundo corporativo, a inovação passou a ser um grande divisor de águas para o sucesso de empresas de diferentes portes e segmentos. Frente a necessidade de desenvolver novas soluções e modelos de negócios, cada vez mais se buscam parcerias a fim de acelerar a inovação na indústria e antecipar o lançamento de produtos. É o caso, por exemplo, das marcas Green Up e KiCoffee, ambas empresas recém-chegadas no setor de alimentos e bebidas e que se uniram à Tetra Pak, líder no fornecimento de soluções para envase e processamento, para desenvolver opções de cafés gelados - os chamados cold brews.

Criada em 2017, a Green Up já contava com oito restaurantes e cafeterias próprias em funcionamento em São Paulo e Minas Gerais, operações em que já comercializavam cafés gelados. Contudo, notando a expansão do mercado brasileiro para este tipo de bebida e o número ainda baixo de competidores no segmento, surgiu a ideia de fabricar o produto em escala industrial, de modo a ampliar a sua distribuição em novas regiões e em novos canais.

"O Green Up Cold Brew é o primeiro produto que lançamos no varejo. Para testar a fórmula que já utilizávamos em nossos restaurantes e cafeterias, precisávamos de um parceiro de desenvolvimento que nos auxiliasse a replicar a mesma formulação em escala industrial", explica Luiz Calfa, sócio-diretor da Green Up.

Foi a partir da parceria com a Tetra Pak que testes foram realizados, permitindo acelerar o desenvolvimento e lançamento do produto. Os testes aconteceram dentro do Centro de Inovação ao Cliente (CIC) da Tetra Pak, local projetado para servir como incubadora e aceleradora de projetos para a indústria de alimentos e bebidas. O CIC conta com uma planta piloto equipada com os mesmos equipamentos disponíveis na indústria e onde fabricantes de alimentos e bebidas podem avaliar fórmulas antes de dar início a produção em larga escala.

O Green Up Cold Brew está disponível em embalagens da Tetra Pak (Tetra Prisma® Aseptic, 330 ml) nas versões Chocolate, Coco e Choco Protein (chocolate com adição de proteína). Produzidas com grãos de café Orfeu, as bebidas são veganas e produzidas sem adição de açúcar, sendo também uma opção de fonte de energia com baixo valor de calorias.

O produto pode ser encontrado em supermercados, inclusive em redes do Pão de Açúcar, e em lojas especializadas em produtos naturais em 16 estados e em mais de 400 pontos de venda. O produto também está disponível em restaurantes e cafeterias da Green Up e em plataformas de e-commerce e redes de academia.

KiCoffee: quando a receita caseira vira empreendimento

Muito ligada à alimentação e a um estilo de vida saudável, Amanda Lombardi ilustra o caso de pessoa que transformou seu prazer pessoal em empreendimento. Fundadora da marca KiCoffee, a empresária se prepara para lançar, a partir de setembro, opção de cold brew que levará o mesmo nome da marca. A bebida será oferecida em embalagens da Tetra Pak (Tetra Prisma® Aseptic, 330 ml) e estará disponível nas versões Chocolate (vegano) e Mocha (à base de colágeno). Ambos contêm o TCM, óleo de coco ultraconcentrado, como ingrediente fundamental, o que garante energia e sensação de saciedade.

"Eu já fazia o café em casa todos os dias pela manhã, mas até então fazia para consumo próprio.  Foi quando decidi empreender que vi que precisaria de um parceiro que me auxiliasse a testar e ajustar a formulação", conta Amanda.

Com base na operação de marcas internacionais e com o apoio de parceiros locais, a empreendedora passou a trabalhar no desenvolvimento do produto. Testes também foram realizados na planta piloto no CIC da Tetra Pak a fim de ajustar a versão final da bebida. Todos eles reproduziram exatamente as mesmas características da planta onde ficará concentrada a fabricação do KiCoffee, garantindo equidade entre testes e produção em escala comercial.

"Sem o auxílio de um parceiro fornecendo uma estrutura própria para testes, o desenvolvimento da bebida possivelmente levaria mais tempo. Quando falamos em um novo nicho de mercado, a agilidade é preponderante para o posicionamento da marca e para torná-la uma referência para o consumidor", diz Amanda, que é formada em Marketing com especialização em Desenvolvimento de Produtos Alimentícios.

O KiCoffee terá distribuição inicial concentrada em empórios e varejistas especializados em produtos naturais e orgânicos localizados nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, como em supermercados St Marche e Casa Santa Luzia.  O produto também poderá ser encontrado em plataformas de comércio eletrônico e em market places.​​​​