PAPEL, PAPEL E PAPEL

Nesta altura já deves ter ouvido dezenas (ou centenas) de vezes: o nosso futuro tem de ser ecológico. Recomendações como escolher carros elétricos, utilização de painéis solares e consumo de energias renováveis, podem parecer fora do teu alcance, mas algo tão simples do teu quotidiano como o papel também é uma matéria-prima renovável. Utilizamo-lo diariamente para escrever, na produção de embalagens, recipientes, etc. Começar pelo que nos é mais próximo é o mais simples e também muito eficaz.

O papel é proveniente de uma fonte renovável que se for gerido de forma responsável é inesgotável. Soa bem, não é? Os materiais renováveis são aqueles que se renovam de forma natural, como as árvores e as outras plantas que voltam a crescer. O papel é fabricado com fibra de madeira das florestas, uma matéria-prima que volta a crescer se as florestas forem geridas de forma responsável.

Como podes fazer um uso responsável do papel? Confirmando se esse papel está certificado pelo FSC®.

logo-FSC-portugues.jpg 

Porquê o FSC? Um produto certificado pelo Forest Stewardship Council®   (FSC® ), significa que é fabricado com matérias primas provenientes de florestas geridas de forma responsável e outras fontes controladas. Deste modo, como consumidor podes confirmar que, entre outras coisas, a reflorestação está garantida.

Mas não é só o papel. Também há outros produtos onde é recomendável verificar a existência do selo FSC. Por exemplo, nas embalagens de cartão. Assim estaremos não só proteger os nossos alimentos e manter os seus nutrientes, mas também a escolher uma embalagem com um impacto ambiental mínimo.

Lançamos-te um desafio: a partir de agora toma atenção a todos os produtos que são fabricados com fibra de papel ou cartão e assegura-te que têm o selo FSC. Assim verás garantida uma gestão responsável do papel e do cartão desde a floresta até à embalagem.