Iogurte clean label: o que você precisa saber

Nosso white paper fornece uma introdução ao conceito de "clean label". Ele explica a lógica por trás dos aditivos de iogurte e fornece orientações sobre como criar os produtos clean label que os consumidores vêm exigindo cada vez mais.

Iogurte em frascos de vidro

Com o consumo de leite branco diminuindo em todo o mundo, há um impulso na indústria láctea em direção aos produtos de maior valor agregado, como o iogurte, que vem crescendo em muitos mercados.

Ao mesmo tempo, os consumidores estão cada vez mais conscientes e se preocupam cada vez mais com os ingredientes dos alimentos que consomem, expressando o desejo de encontrarem menos aditivos. Isso levou ao desenvolvimento e ao crescimento de produtos conhecidos como "clean labels".

Mas por que os aditivos não lácteos são usados na produção de iogurte? E como é possível, com um projeto ideal de fábrica e processamento, respeitando adequadamente os ingredientes, produzir produtos com zero aditivos ou apenas o mínimo de uso destes? O nosso white paper explica e fornece orientações a respeito.

Esta publicação é do interesse de quem trabalha com marketing de iogurte, deseja lançar novos produtos de iogurte para atender às tendências do consumidor ou procura maneiras de alcançar novos consumidores e diferenciar suas linhas de produtos atuais.

Mas também deve atrair os envolvidos na produção, incluindo gerentes de fábrica, gerentes de processamento e gerentes de P&D preocupados em produzir produtos de iogurte com uma qualidade consistente.

Clique aqui para saber mais e inscreva-se para baixar nosso white paper: Apresentando o iogurte clean label: projetando alternativas aos aditivos

Quer saber mais sobre o processamento do iogurte?