Três mulheres comendo

QUALIDADE DOS ALIMENTOS

O consumidor de hoje espera que os alimentos sejam consistentes em relação ao sabor, cor, textura e valor nutricional. Nossas embalagens são projetados para proteger e preservar o alimento para atender a essas expectativas.

Auditoria da cadeia de suprimentos

Todos os equipamentos de processamento e embalagem da Tetra Pak são projetados para atender aos mais avançados padrões de higiene, satisfazer todas as obrigações legais e minimizar o desperdício. A garantia de qualidade começa com a auditoria rigorosa dos fornecedores de matéria-prima. Todos os materiais de base usados nas nossas embalagens estão em total conformidade com a legislação de contato com alimentos. A automação e integração de fábricas nos permite garantir o controle de qualidade conforme um produto passa pela linha de produção.

Envolvendo os nossos clientes

Com mais de 60 anos de insights profissionais, nossos especialistas em desempenho asséptico trabalham para medir, comparar e evitar problemas relacionados à segurança e qualidade dos alimentos, enquanto nossas equipes de serviço oferecem treinamento contínuo (nas instalações do cliente ou nas nossas instalações de treinamento) para operadores de fábrica sobre como manusear e armazenar produtos na linha de produção.


A qualidade também pode ser comprometida durante o transporte e a distribuição. Portanto, conduzimos testes rigorosos em toda a cadeia de valor para garantir que os produtos estejam totalmente protegidos.

Perda e desperdício de alimentos

O equipamento de processamento e embalagem de ponta da Tetra Pak evita que os alimentos sejam derramados ou se estraguem nos primeiros estágios da produção, e nossas soluções para embalagem prologam a vida útil do alimento e evitam a deterioração. Acreditamos que esse seja o nosso maior impacto na redução de perdas de alimento.


A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura estima que cerca de um terço dos alimentos produzidos para consumo humano é perdido ou desperdiçado. Além disso, as perdas e desperdício de alimento são responsáveis por aproximadamente 8% das emissões de gases do efeito estufa causada pelo homem, a mesma porcentagem que o transporte rodoviário. Reduzir as perdas e o desperdício de alimento é um dos princípios básicos de nossos negócios.